7 Maravilhas – Nuno Martins


Jovem trombonista baixo português, Nuno Martins é atualmente solista na Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música. Leciona ainda na Escola Profissional de Música da JOBRA (Albergaria-a-Velha).

Estudou na Escola Profissional Artística do Vale do Ave (ARTAVE) em Santo Tirso, e na Escola Superior de Música, Artes e Espetáculo (ESMAE), no Porto.

Aperfeiçoou os seus conhecimentos musicais frequentando masterclasses com professores de renome internacional. Desde 2006, e após audição europeia, foi convidado a integrar as Orquestras Gustav Mahler e a Academia Schelswig-Holtein Musik Festival, onde teve oportunidade de trabalhar com os maestros Cláudio Abado, Phellip Jordan, Lawrence Foster, Christoph Enchenbach, Cristoph van Donany, Thomas Hengelbrock, entre outros.

Nuno Martins colaborou regularmente com as Orquestras Metropolitana de Lisboa, Nacional do Porto, Filarmonia das Beiras, Sinfonietta de Lisboa, Remix-Ensemble Casa da Música, Sinfónica da Galiza (Espanha), Clássica da Madeira, Clássica do Algarve e a Sonfónica Portuguesa do Teatro Nacional São Carlos.

Ao longo da sua carreira tem atuado um pouco por todo o globo, tocando com os mais diversos projetos, dando recitais e masterclasses. Portugal, Escócia, Áustria, holanda, Bélgica, Suiça, Luxemburgo, EUA, França, Espanha, Alemanha, África do Sul, Brasil foram alguns desses países. Em breve, apresentar-se-á como professor e solista em festivais na Finlândia, Argentina e Alemanha. No verão de 2011 fez a estreia europeia da obra FREYJA para trombone baixo e Orquestra Sinfónica do compositor Cláudio Moreira com a Landesjugendorchester Bremen gravando DVD ao vivo.

Faz parte dos projetos Massive Brass Attack!, Mr. SC & The Wild Bones Gang, T’NT, Duo Subwoofer (com Sérgio Carolino), sendo ainda fundador do projeto SURREAL com Bruno Costa (percussão).